As cores do amor

De onde vinham todas aquelas cores? Nenhum de nós sabia.

A vida era em preto e branco lá fora, mas dentro daquele quarto existia mil cores, cores até mesmo desconhecidas.

Pareciamos viver em uma outra dimensão. Não havia dores, não havia tempo, só havia nós dois, alguns botões de flores e uma porção de sentimentos.

O trânsito que existia era entre nossos olhares e nossos sorrisos. E o som das buzinas era um doce estralo que os nossos lábios faziam.

E já nas calçadas da cidade um pequeno diálogo:

- Lembra quando eramos apenas dois desconhecidos? Ela me perguntou.
- Lembro sim. O tempo que minha vida não fazia o menor sentido.

E sorrindo ela veio contra o vento e me abraçou.

4 Comentários:

Kiro Menezes disse:

Uau... que coisa linda!!!

Fikei parada no doce momento, qdo eramos apenas desconhecidos...

Iит€я€รรǺитт€ disse:

Fico feliz que tenha gostado Kiro!
Obrigado por comentar ♥
Forte Abraço!

Ivan Rosário.

angela disse:

Quando o amor suaviza a vida. Lindo texto.
abraço

Iит€я€รรǺитт€ disse:

Obrigado Angela pela presença ♥
Forte Abraço ;D

COMENTE, SIGA, ASSINE O FEED, SEJA INTERESSADO!