Chuva de meteoros é vista em várias partes do mundo

A chuva de meteoros Perseidas foi registrada em vários pontos do mundo ao longo da madrugada desta sexta-feira (13). Quem ficou acordado e contou com a sorte do céu claro e sem nuvens pôde ver o fenômeno.

Perseidas é registrada sobre Stonehenge, na planície de Salisbury, ao sul da Inglaterra. Foto de exposição longa. (Foto: Doherty Kieran / Reuters)

Fenômeno também foi registrado em Grazalema, sul da na Espanha.
(Foto: Jorge Guerrero / AFP Photo)

Chuva de meteoros é associada ao cometa Swift-Tutle, que dá uma volta ao redor do Sol a cada 130 anos. Ela ocorre sempre que a Terra cruza a linha de destroços deixada pelo cometa.

No Brasil, o Norte e Nordeste teriam mais facilidade de observar o fenômeno, nas demais regiões do país também poderiam ver os meteoros mais brilhantes nas últimas horas de escuridão, antes do amanhecer.

Quem mora fora do Brasil, no Hemisfério Norte, ganhou uma visão mais privilegiada e pôde chegar a ver até 142 meteoros por hora.

Entenda o que são as Perseidas

O fenômeno é uma chuva de meteoros que leva esse nome pelo chamado radiante (o ponto de onde todos os meteoros parecem estar caindo) estar na constelação de Perseus.

Neste ano, a expectativa é grande para esse evento porque a Lua está em fase nova, o que diminui as chances do satélite natural da Terra ofuscar a vista.

As partículas que causam essa chuva foram deixadas há muito tempo pelo cometa Swift-Tuttle. Outras três chuvas de meteoros poderão ser vistas de diversas partes do mundo em 2010.

As Oriónidas, em outubro, e as Leónidas, em novembro, são mais fáceis de serem vistas do Brasil. O ciclo do fenômeno se encerra em dezembro, com as Gemínidas.

Fonte: R7.com

1 Comentário:

Sissym disse:

Deve ser fantastico assistir tal fenomeno. As imagens são lindas.

COMENTE, SIGA, ASSINE O FEED, SEJA INTERESSADO!