Quanto você vale?

Um famoso conferencista começou um seminário segurando uma nota de 20 dólares. Numa sala com 200 pessoas, ele perguntou:
– Quem quer esta nota de 20 dólares?

Mãos começavam a erguer-se quando ele disse:
– Eu darei esta nota a um de vocês, mas, primeiro, deixem-me fazer isto. Então, ele amassou a nota. E perguntou outra vez:

– Quem ainda quer esta nota?

As mãos continuaram erguidas.
– Bom! E se eu fizer isto?, disse ele. E deixou a nota cair, pisou nela e começou a esfregá-la contra o chão.

Depois pegou a nota, agora imunda e amassada, e perguntou:
– E agora? Quem ainda quer esta nota?
Todas as mãos permaneceram erguidas.

– Meus amigos, todos devemos aprender esta lição: não importa o que eu faça com o dinheiro, vocês ainda irão querer esta cédula, porque ela não perde o valor. Ela sempre valerá 20 dólares.

E continuou:
– Pois é! Essa situação também se dá conosco…
Muitas vezes, em nossas vidas, somos amassados, pisoteados e ficamos sujos por decisões que tomamos ou pelas circunstâncias que vêm em nossos caminhos. E, assim, ficamos nos sentindo desvalorizados, sem importância.

– Porém, creiam, não importa o que aconteceu ou o que acontecerá, jamais perderemos o nosso valor. Quer estejamos sujos, quer estejamos limpos, quer amassados ou inteiros, nada disso altera a nossa importância, o nosso valor.

Lembre-se: jamais perderemos o nosso valor!

via: gambare.

4 Comentários:

vidarealdasam disse:

Excelente mensagem ! Parabéns !!
Existem mesmo dias em nossa vida que duvidamos do nosso valor... Esta é uma ótima reflexão para quando estivermos sujos, amassados e pisoteados !
Aprender que mesmo assim, temos nosso imenso valor !
Grande abraço !

B.B. Amor mais forte que a própria morte... disse:

É verdade amigo, somos seres particulares, ninguém pode tirar o valor que temos. Quando você perde seus valores, foi porque de alguma maneira você se perdeu, não que lhe seja algo roubado. Por isso, sem vaidades sejamos o que somos e felizes pelo que fazemos e naquilo que podemos escolher. Beijos, B.B.

Mary Miranda disse:

Olá, amigo!
São textos quais esses que nos impulsionam a continuar vivendo...
Concordo plenamente com a mensagem do post!
Por mais que sejamos chutados, magoados, feridos, humilhados, temos que ter consciência que não somos feito do acaso, que todos somos filhos de Deus e com direitos iguais diante do Pai!
O direito de crescer e melhorar enquanto pessoa está dentro de cada um de nós, e não devemos esmorecer jamais!
Porque, afinal, nós não temos preço...
Um abraço e parabéns pelo post!
Mary :)

Sou Mulher ... disse:

Olá!
Bom texto para nos sentirmos incentivados! Se não acreditarmos no nosso valor, quem há de...?
Abraço,Vera.

COMENTE, SIGA, ASSINE O FEED, SEJA INTERESSADO!